SINTRA e a promessa de habitação para todos

1
621

O município de Sintra assinou um acordo com o Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) para concretizar o seu plano definido na Estratégia Local de Habitação, documento aprovado no final do ano passado.

Segundo uma nota de imprensa que o gabinete de Basílio Horta enviou à agência Lusa, a autarquia vai ser financiada na construção de habitação social que beneficiará mais de 3000 famílias, mais de 9000 pessoas, tal a dimensão do problema que a Câmara Municipal reconhece existir no concelho. Financiamento à conta da “bazuca” da União Europeia.

Agora, o autarca Basílio Horta diz que “a autarquia está a zelar por um direito fundamental, o direito de acesso a uma habitação”.

O investimento previsto será de “cerca 179 milhões de euros em seis anos”, informou a Câmara Municipal de Sintra. Nada que deva impressionar Basílio Horta, homem habituado a milhões e a gordas contas bancárias, ou não fosse ele detentor de uma fortuna em depósitos bancários e dirigente de uma autarquia que se gaba de ter muitos milhões no banco.

A autarquia de Sintra dá lucro, mais de 6.600 milhões de euros por ano. Lucro que provém da captação de impostos: o IMI vale mais de 47 milhões de euros, o IMT vale mais de 30 milhões.

O lucro de Sintra, segundo o Anuário Financeiro de 2020

Dinheiro que, pelos vistos, tem feito falta para melhorar as condições de vida de muita gente em Sintra. Há quem leve anos de espera por uma casa social.

1 comment

  1. Sou um exagerado ótimista , mas ñ consigo acreditar wm nada do que basilio horta diz! Ele mente compulsivamente. A mentira esta-lhe no tutano dos ossos . . .

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here