A RÚSSIA VENCE se a guerra durar

Quem vai pagar as contas do combustível para os automóveis, para o aquecimento das casas, para o fogão onde se aquece a sopa? O Zelensky? Artigo de opinião.

0
271

Se a guerra durar até ao inverno, a Rússia ganha. Em Portugal estranhamos a inflação, principalmente a que nos aparece na caixa dos supermercados e nos postos de abastecimento de combustível. Nos hospitais continuamos a beneficiar do SNS e nos transportes públicos ainda não houve aumento de tarifas. Mas, mais para norte, a malta precisa muito de aquecer casas no inverno, sob pena de morrer de hipotermia na própria cama. E isso custa muito caro, independentemente de as caldeiras serem a gás ou a petróleo.

Hoje, com o verão à porta, ainda somos valentes contra a agressão russa. Mas cada vez menos, à medida em que percebemos que as sanções só funcionam quando nos prejudicam também. No norte da Europa, andam a pensar recuperar as centrais de produção de energia a carvão. E na importação de gás da América. E, sei lá, se na lenha para cozinharmos.

Na Europa, já notámos que as opiniões estão divididas. No início eramos quase todos ucranianos, hoje somos cada vez menos. Até porque percebemos que fomos intoxicados por campanhas bastante inventivas que tentaram fazer de nós militantes da causa anti Rússia.

Isso já teve um custo político. Se duvidam, perguntem ao Macron e ao Sanchez. E proximamente veremos a erosão que tudo isto está a provocar na estrutura da União Europeia. A treta do alargamento à Ucrânia é puro tacticismo bélico. Porque como a EU não tem exército, estamos subjugados à NATO. Faz lembrar aquelas cenas dos filmes de Hollywood em que os mafiosos obrigam os merceeiros a pagar para ficarem protegidos dos mafiosos…

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here