UCRÂNIA QUER SEGUIR O EXEMPLO DE ISRAEL

PARECE UMA CONTRADIÇÃO NOS TERMOS. ISRAEL OCUPOU A PALESTINA E MANTÉM HÁ MAIS DE 70 ANOS UMA GUERRA COM OS PALESTINIANOS QUE LUTAM PELA INDEPENDÊNCIA E SOBERANIA TERRITORIAL. MAS ZELENSKY DIZ QUE É O EXEMPLO A SEGUIR...

0
922

O Presidente da Ucrânia fala muito. Fala todos os dias com jornalistas e fala sozinho, em frente a uma câmara de vídeo, para as redes sociais. É uma metralhadora falante.

Numa recente entrevista disse coisas espantosas, como, por exemplo, “estamos prontos para lutar por muito tempo“ ou “os ucranianos precisarão aprender a conviver com a guerra como Israel”.

manchete do Jerusalem Post dia 28 de agosto de 2023

Ficamos apreensivos, porque a guerra em Israel começou há mais de 70 anos, ainda não tem fim à vista. Curiosamente, no conflito israelo-palestiniano, os EUA apoiam o agressor e a Rússia apoia as vítimas da agressão, apesar da pressão exercida pela comunidade russa-judaica.

Ao referir Israel como o exemplo a seguir, Zelensky chamou a atenção dos israelitas. O Governo do Estado judaico gostou (é sempre bom estar a favor do pensamento dominante) e os media deram eco às palavras de Zelensky, nomeadamente o Jerusalem Post, num artigo que estamos aqui a citar.

O paralelismo entre a Ucrânia e Israel vai ao ponto de Zelensky querer chegar a acordos com o Governo dos EUA semelhantes aos acordos existentes entre os EUA e Israel. Zelensky chamou-lhe “modelo israelita” para as relações com os EUA, englobando apoio político nos fóruns internacionais, apoio logístico militar e, claro, financiamento. Sem dinheiro não há guerras.

recorte do Jerusalem Post

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui