HERÓI HUMILHADO

0
839

Cristiano deve estar a pensar em abandonar a seleção nacional. Se não precisam dele, se são todos tão bons assim, se é para ele ficar no banco, então talvez ele prefira ir embora. Bater com a porta. Deixar o treinador à sua sorte.

Cristiano Ronaldo está no futebol para jogar, marcar golos, ser campeão. São essas as características de sempre de uma carreira, de uma opção de vida, que começou muito cedo, era ele ainda uma criança. É um predestinado, nasceu para aquilo. Mais, não deve saber fazer outra coisa.

Claro que tudo acaba, mas é preciso que acabe bem para poder continuar bem, noutro plano qualquer. E o que se está a passar com Cristiano Ronaldo são sinais de ruptura e de profunda tristeza, muita mágoa.

Muitas vezes foi ele quem salvou a seleção de perder. É bom ter memória e é bom perceber, também, o que Cristiano Ronaldo representa para a imagem de um país medíocre, incapaz de responder às necessidades mínimas de 2 milhões de pobres, número que talvez erre por defeito.

Claro que Cristiano Ronaldo deve estar rico, tem ganho fortunas. São as regras do jogo que está para lá do futebol. A melhor imagem do Portugal/Suiça é a do Cristiano abandonado no banco de suplentes, perante a indiferença da engrenagem que fez do futebol um negócio global. O ativo perde valor, ninguém o quer.

Mas não é bom humilhar heróis. Faz de nós um bando escabroso.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here