Dina Aguiar está de saída da RTP

O título deste artigo deve ser entendido como uma aposta que o Duas Linhas faz. Uma aposta connosco mesmo. Não queremos ganhar nada com a aposta. Apenas ver se estamos a ler bem os sinais.

1
3814

Multiplicam-se os sinais de que alguma coisa não está bem entre Dina Aguiar e a RTP. Primeiro foi uma “boca” que a jornalista largou numa entrevista ao site Sapo. Nessa entrevista, Dina dizia que é “a pessoa com mais horas de antena“, mas que a RTP não valoriza esse facto. “Vou acabar por ficar na história da televisão, embora a RTP não valorize isso, não o referencie quando se faz a história da casa“.

Dina Aguiar é aquilo a que se chama um “móvel da casa”. Está na RTP desde os anos 80, já foi apresentadora de noticiários e de vários programas de informação, diários e não-diários. Como se sabe, nos últimos anos é ela quem apresenta o noticiário regional, Portugal em Direto, no ar de segunda a sexta-feira a partir das 17h30.

Dina Aguiar lamenta saída de Sandra Felgueiras

Não se trata apenas de despeito, Dina Aguiar voltou agora às críticas quando comentou a saída de Sandra Felgueiras, contratada pela CMTV. No Facebook, Dina disse que “a RTP perde um dos seus patrimónios“, a empresa pública “não valoriza nem defende o seu capital humano“. Na opinião de Dina Aguiar, “é um caso para dizer que ficamos mais pobres”.

Sandra Felgueiras sai da RTP, mas o que surpreende é que se tenha aguentado na empresa depois de, em 2019, ter protagonizado um conflito com a diretora de Informação, Maria Flor Pedroso. Sandra acusou Maria Flor de ter censurado um dos trabalhos do Sexta às 9 sobre a exploração de lítio e acusou-a também de ter informado uma amiga suspeita de corrupção sobre o andamento de uma reportagem onde essa pessoa estava a ser investigada.

Curiosamente e contra o que é habitual neste tipo de situação, Maria Flor demitiu-se de funções, mesmo tendo tido o apoio da administração da RTP, e Sandra manteve-se até hoje na empresa. Sai agora pelo seu próprio pé. Resta esperar para ver se Dina Aguiar sai a bem ou empurrada.

1 comment

  1. Dina Aguiar, é uma profissional de grande elevação que divulga a informação pré-alinhada, questiona os interlocutores que lhe surgem em directo de forma objectiva, não ostensiva e sem alimentar especulações intestinas. Possivelmente irá sair pelos seus 68 anos e nada mais.
    Quanto a Sandra Felgueiras, acho uma boa ideia a sua saída para a ETAR das notícias. O melhor jornalismo está na RTP2.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here