Cem mil computadores “para já” nas escolas públicas

0
346

Cem mil computadores vão ser distribuidos já no 1º periodo letivo, no âmbito do programa Escola Digital que se destina a apoiar estudantes mais carenciados.

Numa nota à comunicação social, o Ministério da Educação refere que “a primeira fase do processo de universalização da escola digital está em curso”, contando, “já no 1.º período letivo, com a disponibilização dos primeiros cem mil computadores”.

Embora ainda sem data para o início da distribuição dos computadores, está definida a prioridade que é a de entregar esses computadores a alunos abrangidos por apoios da Ação Social Escolar.

O programa Escola Digital, que inclui a distribuição de computadores a alunos e professores, a capacitação de docentes e a disponibilização de “recursos pedagógicos digitais”, será cumprido “de forma faseada”, tendo como meta chegar a “todos os alunos e docentes das escolas públicas”, explica o Ministério da Educação.

O investimento estipulado para o programa, que visa a “universalização da escola digital”, é de 400 milhões de euros.

O ano escolar 2020/2021 arranca oficialmente, para os ensinos básico e secundário, entre 14 e 17 de setembro, retomando as aulas presenciais. Subsiste, no entanto, a hipótese de as escolas terem de avançar para o ensino misto ou mesmo à distância, dependendo estas medidas do eventual aparecimento de casos de infeção de covid-19 entre a comunidade escolar.

A Confederação Nacional das Associações de Pais defende que os equipamentos devem pertencer às escolas e estar disponíveis em caso de necessidade.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here