Quem sabe, sabe – o resto é conversa

0
535

Quem fica desempregado, dificilmente irá conseguir novo emprego. Se tiver mais de 55 anos de idade, esqueça. Ninguém dá trabalho a “velhos”. Ninguém? Há sempre alguém com atitudes fora da caixa e que nos surpreende.

É o caso dos mentores do projeto “55+”, que criaram uma plataforma onde disponibilizam serviços de qualidade prestados por especialistas com bastante experiência nos ofícios.

O projeto começou em cinco freguesias de Lisboa, mas estendeu-se rapidamente pela cidade e até Cascais e Oeiras e, desde há uns meses, já tem ramificações no norte do país.

No site “55+” disponibiliza-se o saber-fazer de gente mais velha que não só precisa de entreter o tempo livre como, também, precisa de encontrar trabalho remunerado. No site estão serviços como, por exemplo, confeção e entrega de refeições, acompanhamento de idosos, costura, jardinagem, reparações de eletricidade, canalizador, pet care e pet sitting, bricolage, acompanhamento de crianças, limpezas, engomadoria, aulas de música, explicações, etc.

São serviços prestados por gente experiente e a um preço low-cost. Além desta receita obtida pela prestação destes serviços, o projeto sustenta-se através de apoios diversos e patrocínios. Por exemplo, o Fundo Social Europeu – através do Portugal 2020 – financia 70% das despesas e parceiros como a Fundação Aga Khan Portugal e a Fundação Millennium BCP, que servem como investidores sociais, garantem os restantes 30%.

Precisa de ajuda para alguma tarefa em casa? Veja em 55mais.pt se tem a sorte de viver numa região abrangida pelo projeto “55+”.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here