MOTAS SEMPRE VÃO TER INSPEÇÕES OBRIGATÓRIAS

0
2989

Inspeções Periódicas Obrigatórias para motociclos, tal como já acontece com os automóveis, entram em vigor em 1 de janeiro de 2024.

Os motards já protestam, até porque algumas das exigências que constam na lei vão causar muitos problemas. Por exemplo, para serem aprovadas, as motas terão de se apresentar tal e qual sairam da fábrica. As transformações são proibidas. Ora, há muita gente que transforma as motas, nomeadamente o garfo dianteiro, o guiador, as luzes, bancos, o escape, etc. Se esta questão não for alterada, muitas motas vão chumbar na inspeção, mesmo se estiver tudo bem no que diz respeito à segurança na condução do veículo.

Esta também vai chumbar na inspeção…

Depois, há as motas de competição que, precisamente por questões de segurança, não têm espelhos retrovisores e chapas metálicas de matrícula, além de várias modificações possíveis para melhorar a performance ciclística da mota.

A ideia de inspecionar as motas foi parida pelo Governo liderado por Passos Coelho, mas a lei nunca foi regulamentada. Até hoje.

A inspeção vai custar cerca de 18 euros. A primeira inspeção é aos 5 anos após a data da matrícula, as seguintes serão de 2 em 2 anos. A inspeção é obrigatória para motas com mais de 125 cm cúbicos.

Uma curiosidade: na Região Autónoma dos Açores, as motas já são inspecionadas há 20 anos. Por lá, já se habituaram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui