As escolhas com estrondo

0
774

A CNN Portugal arranca a 22 de novembro e até lá estão a fazer aquilo que todas as equipas fazem quando se inicia um novo projeto: criar espírito de equipa e tentar encontrar um estilo.

A equipa está formada, nomes mais ou menos sonantes têm sido anunciados a conta-gotas para fazer render o peixe, de modo a haver com frequência alguma notícia sobre o projeto.

O último nome foi o de Judite de Sousa. Tentaram fazê-lo com estrondo nas redes sociais. Um texto gongórico dito pela própria Judite a tentar convencer-nos de que foi escolhida por ser a maior.

Mas o anúncio da contratação desta estrela da pantalha parece ter provocado estrondo na própria redação da CNN Portugal. Judite tem fama de arrogante e prepotente. Foi protagonista de vários conflitos na redação da TVI, nomeadamente na alegada censura a trabalhos de Ana Leal, mas houve outros casos e muitos momentos de tensão na redação. A própria Judite reconhecia isso, nas entrevistas que dava.

fonte Judite Sousa: “Nunca precisei do cargo para ser aquilo que sou” (n-tv.pt)

Talvez por isto, na “nova” redação da CNN Portugal já existam muitos anticorpos a Judite de Sousa, nem todos estão a encarar o seu reaparecimento no pequeno ecrã com bons olhos. Numa publicação nas redes sociais de Mário Ferreira, administrador da TVI, surgiram alguns comentários de desagrado, mas é evidente que ninguém está para dar já início a uma guerra, numa altura em que o projeto está a nascer. Mas o sinal está dado.

As manifestações de desagrado fazem-se em surdina, a acreditar nos mentideros do meio televisivo, pródigos de má-língua venenosa. Não se tratará só do mau feitio da senhora, mas também do sentimento de injustiça relativamente ao salário, depois de ter saído da empresa em 2019 com uma indemnização realmente estrondosa.

Como diz o povo, mais vale cair em graça do que ser engraçado.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here