Covid-19: novos máximos, escolas fechadas

0
176

Hoje, novo máximo de mortes diárias: 221. Hoje, também, 13.544 casos de infeção.

O boletim epidemiológico revela também que estão internadas 5.630 pessoas, mais 137 do que na quarta-feira, das quais 702 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais 21, dois valores que também representam novos máximos da fase pandémica.

A nova estirpe deste coronavírus é apontada como sendo responsável pela aceleração de contágios e consequente aumento do número de mortes. É esse o argumento agora utilizado pelo Governo para mandar fechar todas as escolas em todos os níveis de ensino nos próximos 15 dias. Esta medida entra em vigor sexta-feira, 22 de janeiro.

No entanto, as escolas terão de continuar a receber alunos com idade inferior a 12 anos cujos pais trabalhem em funções essenciais e não possam ser dispensados para ficar em casa a tomar conta das crianças.

Para além da maior capacidade de contágio da nova estirpe, o comportamento das pessoas também tem contribuído para a propagação da pandemia. Alguns não têm como evitar enfrentar riscos de contágio, como é o caso daqueles que andam diariamente de transportes públicos sobrelotados. Outros, no entanto, continuam a insistir em convívios numerosos, na rua ou em espaços fechados, e sem utilização do mínimo indispensável que é o uso da máscara.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here