AUTOCARROS TODOS AMARELOS

0
1644

Pode parecer estranho, mas é no próximo dia 1 de janeiro que arrancam nos concelhos a norte do Tejo os serviços da chamada Carris Metropolitana. Estranho, porque num dia feriado, prometem o início de um serviço com mais carreiras e novos horários em nove concelhos do distrito de Lisboa. Normalmente, num dia feriado, quase não há transportes públicos intermunicipais.

Mas, que seja. A Carris Metropolitana é uma iniciativa já experimentada a sul do Tejo. No início sofreu alguns reveses, porque constatou-se que não havia motoristas suficientes para cumprir com as promessas. Mas com o tempo, a empresa organizou-se.

A chegada da Carris Metropolitana a algumas localidades dos concelhos a norte de Lisboa é um anseio das populações, cansadas de serem mal servidas pelos operadores locais. A Mafrense, por exemplo, tem sido alvo de inúmeras críticas por prestar um serviço considerado deficiente, nomeadamente nas horas de ponta.

filas de utentes nas horas de ponta, Venda do Pinheiro

A nova rede vai seguir um outro sistema de numeração das carreiras. É possível utilizar o “conversor de linhas” do ‘website’ da Carris Metropolitana para saber as novas referências.

conversor de linhas no site da Carris Metropolitana

Os veículos serão todos amarelos e com o símbolo da Carris Metropolitana. Os operadores tradicionais não desaparecem. Os utentes é que passam a ter maior oferta.

Os preços não se alteram, o passe Navegante continua a custar 30 ou 40 euros, consoante seja municipal ou metropolitano.

A Área Metropolitana de Lisboa é composta por 18 municípios, sendo que três mantêm em exclusivo as transportadoras internas: os Transportes Coletivos do Barreiro (TCB), no concelho do Barreiro, a Mobi Cascais, em Cascais, e a Carris, em Lisboa.

Esta harmonização dos transportes colectivos na AML custou 1,2 mil milhões de euros. Uma pipa de massa. É bom que funcione, até porque os utentes preferiam que o dinheiro tivesse sido investido no prolongamento da rede do Metropolitano de Lisboa, nomeadamente para os concelhos de Loures, Mafra ou Sintra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui