UMA LUTA SOBRE RODAS

0
299

Esta é uma história que cruza gerações, várias gerações de residentes em Cascais. É a história pela defesa de uma infraestrutura pública de lazer. Um local destinado a dar felicidade a quem usufrui dele. Esta é a história contada de viva voz e eternizada pelas imagens captadas por Manuel Botelho.

Manuel Botelho, imagem do Instagram

O homem que nos explica que “o Parque das Gerações (PDG) é um parque de skate.Uma festa contínua que sempre me encantou… muito perto de minha casa. Em janeiro soube-se que o Parque estava ameaçado:

“Subitamente, as rampas e paredes foram pintadas de negro com enormes dísticos brancos e o gradeamento exterior apareceu forrado de mensagens de solidariedade. Tornei-me um visitante assíduo.

Sem nenhum objetivo concreto, captei imagens por todo o lado, dia após dia.

“Pouco depois, numa rara manhã tempestuosa deste Inverno primaveril, muitas das mensagens precariamente fixadas ao gradeamento começaram a soltar-se e tiveram que ser retiradas à pressa para não conspurcarem a zona envolvente. Foi lançado publicamente um desafio para que tudo fosse reconstruído.

Quis participar. Imprimi algumas das minhas fotografias numa loja de fotocópias… mas eram demasiado frágeis para permanecerem ao relento e acabaram por ser agrafadas de modo expedito na zona coberta junto à entrada do parque.”

Agora, dizemos nós, a Galeria Miguel Nabinho, em Lisboa, expõe estas fotografias de Manuel Botelho, entre 21 de abril e 28 de maio. Visitar a exposição é participar nesta causa.

(Galeria Miguel Nabinho fica na  Rua Tenente Ferreira Durão 18 B, 1350-315 Lisboa).

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here