MORTE DE FÁBIO GUERRA, as investigações

0
982

As investigações policiais para a identificação e detenção de todos os envolvidos na morte do agente da PSP Fábio Guerra prosseguem. Hoje julgamos saber que a Polícia judiciária já interrogou várias testemunhas oculares das agressões que ocorreram na via pública. Este processo está agora sob rigoroso sigilo e todas as pessoas que estão a testemunhar estão a ser protegidas no âmbito da lei de proteção de testemunhas.

Portanto, os indícios apontam inequivocamente para uma culpa coletiva. Ou seja, não importa muito saber com exatidão quem desferiu o golpe fatal. Primeiro, porque pode até ter havido mais do que um golpe fatal. Depois, porque a culpa pela morte de Fábio Guerra pode e deverá ser partilhada por todos os elementos do grupo que o agrediu.

Assim, o que a PJ está a tentar definir é a identificação dos membros do grupo agressor. De todos eles. Para já, como sabemos, há dois detidos preventivamente (os dois fuzileiros da Marinha) e um terceiro que anda a monte e que não é militar. Mas pode haver outros. Esperamos por mais notícias nos próximos dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui