Carros elétricos na Tapada de Mafra

0
1520

A Tapada Nacional de Mafra pôs em funcionamento quatro veículos elétricos para a realização das visitas, substituindo assim o tradicional comboio a combustível, para reduzir a pegada ecológica.

Os novos veículos são, portanto, mais cómodos e mais silenciosos, o que permite certamente ao visitante ouvir os passarinhos enquanto passeia e vê os gamos e veados em liberdade no interior da floresta. Os quatro veículos elétricos têm, cada um, 12 lugares. Até ao final deste ano, a Tapada Nacional de Mafra vai adquirir mais três, de 22 lugares cada e com lugares para pessoas com mobilidade reduzida.

Na Tapada de Mafra vivem 500 animais de mais de centena e meia de espécies diferentes, entre gamos, veados, javalis, aves como a águia de Bonelli ou o bufo real, répteis como salamandras, tritões e cobras, e uma floresta exuberante, com quase uma centena de espécies de plantas, das quais 21 são árvores e arbustos. Algumas das árvores da Tapada de Mafra são consideradas de interesse público, como o castanheiro-da-índia, a olaia e o sobreiro.

Além disso, é o único abrigo de morcegos na região de Lisboa e Oeste, com floresta densa e árvores autóctones, como sobreiros ou freixos, habitats destas espécies, uma vez que a zona está bastante modificada pelo aproveitamento agrícola dos campos e pela plantação de eucaliptais.

Nas visitas à Tapada é possível optar por passeios pedestres, de bicicleta, de charrete ou de carro elétrico. Há ainda a possibilidade de participar em ateliês de apicultura, assistir a demonstrações de voo livre de aves de rapina e fazer piqueniques.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here