Juiz Carlos Alexandre apoia “guardião do Tejo”

O Tejo não voltará a estar poluído, graças a Arlindo Marques. As águas serão agora cristalinas, mas só em teoria. Arlindo Marques teve a sorte de ter o apoio imediato do juiz Carlos Alexandre.

0
2840

A desistência da Fabrióleos do processo contra o guardião do Tejo está relacionada com a entrada em cena do super juiz Carlos Alexandre.

Há 3 anos, a 22 de Março de 2018, fiz a reportagem Aquem-Tejo, de 30 minutos para o Linha da Frente da RTP 1. E o juiz Carlos Alexandre em declarações deixou claro que não permitiria intimidações a Arlindo Marques.

Nessa altura, havia uma caixa de cartão em lojas, restaurantes e afins para juntar 20 mil euros para as custas a pagar antecipadamente por Arlindo Marques como acusado.

Arlindo não tinha esse dinheiro. Mas safou-se porque Carlos Alexandre apareceu como sua testemunha principal abonatória. Tal como um João da Regras ao lado dos homens honestos, fracos ou desvalidos. E na prevalência dos mais louváveis valores. Acusar e recuar não é legítimo. 

O juiz Carlos Alexandre é um nome incontornável na Justiça portuguesa. Um exemplo de cidadania.

Para ver toda a reportagem na RTP, clique AQUI.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here