Almoçar fora (outra vez)

0
626

O que nós esperámos por isto… voltar a ter a oportunidade de ir relaxar para uma esplanada, aproveitar a brisa e o sol,  comer qualquer coisa na companhia de amigos… ou sozinho, mesmo.

O teletrabalho não proporciona estes momentos de diversificação ambiental… porque os espaços se confundem… trabalhamos onde comemos, trabalhamos onde devíamos descansar… é bom voltar a casa, nem sempre é bom estar sempre em casa.

Por isso é importante que o desconfinamento resulte, para não sermos obrigados a voltar atrás, mais uma vez.

Durante os meses de confinamento mais rigoroso, vimos várias imagens de animais que aproveitaram a ausência de humanos para se passearem em locais onde normalmente não são vistos.

Mas, agora que as pessoas voltaram às ruas, também podemos perceber que fizemos falta a alguns desses animais que não se domesticam…

Há muito que as gaivotas se associaram às atividades humanas e disso tiram proveito… são os barcos de pesca que estão sempre rodeados delas quando voltam ao porto carregados de peixe… ou até mesmo as lixeiras urbanas longe do mar que estão sempre cheias de gaivotas que encontram ali alimento… é um animal que aprendeu a aproveitar as oportunidades que surgem…

Tal como no vídeo, naquela mesa de restaurante, onde alguém partilhou com a gaivota esperta o arroz que veio a mais…

Os seres humanos têm a tendência para romancear tudo… mas basta termos alguma empatia pelos outros seres vivos para tornarmos a vida de todos menos difícil.

Esta é uma espécie de fábula dos tempos modernos, apesar de não termos escutado a gaivota a falar… a verdade é que de algum modo ela se fez entender…

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here