Covid-19: 90 mortes, Costa e Marta tomaram 1ªdose da vacina

0
163

Nas últimas 24 horas houve menos de 100 mortes em Portugal devido á pandemia covid-19. O boletim epidemiológico de hoje regista 90 mortes. Apetece escrever “apenas 90 mortes”, embora uma só já fosse demais. Mas é um número que reforça a esperança de que a pandemia esteja a ficar controlada.

O número de novas infeções também é relativamente baixo:  1.303 casos. No entanto, o número de internados continua elevado: 4.832 doentes (mais seis do que no domingo) em enfermaria, dos quais 784 em cuidados intensivos (menos onze).

Segundo afirmou a ministra da Saúde, em média estão a ser realizados 39 mil testes por dia. “O nosso objetivo é manter um nível elevado de realização de testes”, garantiu Marta Temido. Após o máximo de quase 77 mil testes num só dia, atingido em 22 de janeiro, a ministra diz que a cadência vai aumentar, uma vez que o Governo optou pela realização massiva de testes de despiste como método de combater a propagação da pandemia.

Governo começou a ser vacinado

Em paralelo, Marta Temido admitiu que os profissionais de saúde têm também de começar a retomar a atividade assistencial não covid, que foi, entretanto, suspensa com a terceira vaga pandémica no país. Mas para que isso seja possível, é preciso controlar primeiro a pandemia, disse a ministra.

Quanto à campanha de vacinação, a ministra assegurou que já foram inoculadas mais de 533 mil doses da vacina, sendo que 200 mil pessoas já tomaram as duas doses recomendadas.

A ministra informou, ainda, que alguns membros do Governo já tomaram a primeira dose, entre os quais o primeiro-ministro e ela mesmo: “Eu própria fui hoje vacinada ao final da manhã”, afirmou Marta Temido.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here