PERIGO ANDA DE TROTINETE

0
444

Há cada vez mais acidentes com trotinetes. A percentagem de acidentes graves também tem vindo a subir. As trotinetes estão, assim, a tornar-se um problema para a segurança rodoviária.

Falta legislação para regular a utilização desse tipo de veículos na via pública. Neste momento, é a anarquia total. Vemos crianças e adultos, quase sempre sem capacete ou qualquer tipo de proteção, a circular em trotinetes nas ruas das cidades, no meio do trânsito.

Pressionado pelos números, o Governo promete legislar e repensar medidas de segurança. A estatística diz que desde 2018 registaram-se 555 acidentes, 13 dos quais com consequências graves para os utilizadores das trotinetes. Mas as autoridades policiais admitem que o número real seja superior, uma vez que muitos acidentes não são intervencionados pela PSP ou GNR.

Lesões cerebrais são o dano mais frequente, além de diferentes tipos de fraturas ósseas. Os registos hospitalares falam numa média de 31 acidentes por mês, devido à deficiente utilização de trotinetes. Muitos destes casos obrigam a trabalhos de cirurgia e até de internamento em unidades de cuidados intensivos.

Muitos acidentes são causados pelas próprias características do veículo. As rodas muito pequenas e a ausência de amortecedores, o guiador muito pequeno, tornam as trotinetes muito instáveis, principalmente se houver alguma irregularidade no piso.

Enquanto não houver legislação, não haverá fiscalização. E sem isso, os utilizadores de trotinetes continuarão a subir e a descer passeios conforme lhes dá na gana, a atravessar passadeiras, a competir com os automóveis nas faixas de rodagem. Umas vezes obedecem às regras do Código da Estrada, outras vezes não.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here