Surto em Torres Vedras

0
587

O surto de covid-19 associado à participação em festas de diversão noturna na praia de Santa Cruz, no concelho de Torres Vedras, subiu para 33 infetados e não está circunscrito.

Segundo informação proveniente do município, “o surto não está circunscrito a um local específico e pode evoluir”. Os casos ativos associados têm idades entre os 15 e os 25 anos e há 58 contactos diretos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Segundo a mesma fonte, o contágio aconteceu durante uma sucessão de festas e concentrações em pelo menos três bares de diversão noturna, que se mantém abertos, uma vez que não afeta funcionários.

As autoridades de saúde aconselham “quem esteve nos bares da localidade ou participou em festividades com aglomeração de pessoas no fim de semana de 28 e 29 de agosto a realizar de imediato autoteste e a ligar para o SNS 24 em caso de resultado positivo”.

Os números de hoje

Portugal registou 1.190 novas infeções com o vírus da covid-19 e 13 mortes atribuídas à doença, nas últimas 24 horas.

Estão internadas nos hospitais 665 pessoas (mais uma do que no sábado), 138 delas em unidades de cuidados intensivos (menos uma), de acordo com o boletim da Direção-geral da Saúde (DGS) que faz o ponto da situação diário da evolução da pandemia da covid-19 em Portugal.

As 1.190 novas infeções foram, na sua maioria, diagnosticadas na região Norte (460) e na região de Lisboa e vale do Tejo (367). Os 13 óbitos atribuídos à doença ocorreram no Algarve (seis), Norte (duas), Centro (duas), Lisboa e Vale do Tejo (duas) e Alentejo (uma).

Uma destas vítimas mortais era uma mulher que tinha entre 40 e 49 anos de idade. As outras onze tinham todas mais de 60 anos: uma tinha entre 60 e 69, uma tinha entre 70 e 79 e as restantes dez estavam na faixa etária acima dos 80 anos de idade.

Lusa

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here