Medina corta cabeça de funcionário

Os contornos do Russiagate português foram explicados por Fernando Medina com detalhe, numa conferência de Imprensa. Lisboa tinha metido na boca da embaixada russa quem está contra Putin. Medina fez rolar cabeças na Câmara.

0
1668

O presidente Medina veio dar o peito às perguntas dos jornalistas. Até porque está na calha para primeiro-ministro. Ele já tem ciclovias para se coçar. E quer continuar o seu caminho para a chefia do Governo sem escolhos. 

Foi assim com Jorge Sampaio, que subiu à presidência da República, e António Costa, que lá chegará.

Medina averiguou e descobriu situações políticas melindrosas entregues a simples funcionários administrativos. A culpa do clamoroso erro Russiagate tem nome. É gestor de dados da Câmara Municipal de Lisboa. 

Medina marcou pontos. Falta-lhe agora o caminho para a popularidade atravancado de ciclovias, que nem aos lisboetas agradam. 

É provável que o Russiagate faça renascer um Medina de mangas arregaçadas. Um presidente que saiba receber críticas e transformá-las em sucessos.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here