Covid-19: enfermeiros infetados sem salário

1
1889

Enfermeiros infetados pelo covid-19 estão sem salário, acusa a Ordem dos Enfermeiros em comunicado divulgado hoje.

A denúncia fala em “cortes significativos” ou mesmo ausência de vencimento, e exige “medidas urgentes” ao Governo.

Trata-se de “uma situação inadmissível”, afirma a Ordem dos Enfermeiros, que não pode deixar de repudiar e denunciar, exigindo medidas urgentes ao Ministério da Saúde e ao Ministério do Trabalho”.

 A Ordem dos Enfermeiros recorda que já tinha enviado no passado dia 27 de abril um ofício aos dois ministérios a alertar para esta situação.

A Ordem dos Enfermeiros diz que “não reconhecer formalmente a covid-19 como doença profissional, fazendo depender a sua caracterização de nexo causal exigível para as restantes doenças, é manifestamente injusto, oneroso e desumano para todos aqueles que asseguram cuidados de Saúde, em particular em fase de emergência de saúde pública internacional”.

No comunicado vem o exemplo um casal de enfermeiros que, cada um, recebeu este mês apenas 60 euros de remuneração, referentes a horas realizadas em meses anteriores.

“O mínimo exigível é que as instituições salvaguardem os vencimentos dos profissionais infetados a 100%, face ao enorme esforço que lhes é exigido, uma vez que estamos perante uma dupla penalização: enfermeiros que sofrem pela doença e agora com cortes nos seus rendimentos”, defende.

“Está em causa a sobrevivência da nossa única linha de defesa, aqueles que cuidam da vida de todos nós. É desumano, vergonhoso e inaceitável”, afirma o vice-presidente da Ordem dos Enfermeiros, Luís Barreira, que assina o comunicado.

Segundo dados divulgados pela ministra da Saúde na passada quarta-feira no Parlamento, há 3.259 profissionais de saúde infetado, 480 dos quais médicos e 1.069 enfermeiros.

1 comment

  1. E fazer greve já mas todos, ficarem os hospitais sem ninguém, obriguem o governo a fazer requisição civil, UE metam os GNR como fizeram no camiões

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here