SOLIDARIEDADE ENTRE JORNALISTAS

0
1073

No primeiro dia de 2024, o Sindicato dos Jornalistas anunciou uma greve geral solidária com os jornalistas do grupo Global Media que estão sem salário, sem subsídio de Natal e com um despedimento coletivo para os próximos dias.

“A administração do GMG incumpre, de forma reiterada, os mais elementares deveres e obrigações legais para com os seus trabalhadores e prestadores de serviço”, acusa o Sindicato dos Jornalistas (SJ).

“A administração do GMG tem como única solução para os alegados problemas do grupo promover revogações de contratos de trabalho, despedir trabalhadores, incumprir prazos de pagamento, ao arrepio dos mais elementares princípios e normas laborais”, nota ainda o SJ.

O que a administração deste grupo faz, muitas outras fizeram antes. Mas, desta vez, vai haver uma greve solidária, marcada para o próprio dia em que os jornalistas e demais trabalhadores dos vários títulos da Global Media já tinham antes marcado uma greve.

Veremos qual é efetivamente a solidariedade que os jornalistas de outros órgãos estão dispostos a demonstrar. Nos termos do pré-aviso, poderão fazer greve todos os jornalistas (se assim quiserem), “independentemente do órgão de comunicação social para o qual prestem serviço, no período compreendido entre as 14 horas e as 15 horas do dia 10 de janeiro de 2024, para que possam expressar a sua solidariedade para com os colegas do GMG e, também, de modo a alertar o poder político e a sociedade civil para a situação do setor.”

Aceitam-se apostas sobre a adesão à causa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui