O PROCESSO NEGOCIAL

0
1455

Na Global Media os salários de dezembro não vão ser pagos a tempo. Não é a primeira vez que há atrasos no pagamento dos salários. Aconteceu em outubro e em novembro. Atrevemo-nos a pensar que a administração do grupo está a “amaciar” os que protestam, de modo a que os despedimentos com magras indemnizações sejam encarados com alívio.

Tem sido um processo doloroso para quem depende do salário para pagar a renda, o pão e a água. Trivialidades a que Galinha talvez não preste atenção.

Tudo começou a piorar depois de terem contratado um antigo jornalista que não se livra de uma certa fama de trambiqueiro, talvez injustamente. Mas a verdade é que da fama Fafe não se livra.

Vejamos.  Em outubro, a administração disse que a falta de pagamento dos salários se ficou a dever a uma alteração de procedimentos, mas que tudo estaria resolvido. Em novembro, a desculpa foi dificuldade no processamento da transferência internacional do dinheiro, mas que tudo estaria resolvido. Em dezembro, já não há desculpas. A situação financeira é “extremamente grave” diz a administração.

Neste processo já houve uma greve e uma coleta entre jornalistas para distribuir algum dinheiro pelos 38 “recibos verdes” que estão sem receber desde outubro. É gente que não existe.

A Global Media engloba a TSF, o Diário de Notícias, o Jornal de Notícias, O Jogo, o Açoriano Oriental (o jornal mais antigo de Portugal) e o Diário de Notícias da Madeira, entre outros títulos, como o digital Dinheiro vivo…

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui