O APELO À REVOLTA POPULAR NA GUINÉ-BISSAU

A frase “no news, good news” aplica-se na perfeição à Guiné-Bissau que, salvo raríssimas exceções, só é notícia quando alguma coisa corre menos bem. Já há alguns dias que estamos sem notícias de Bissau. Isso não significa que a situação interna esteja estabilizada. Não parou a contestação às decisões do Presidente da República de dissolver o parlamento e nomear um novo primeiro-ministro escolhido por si.

0
1331

A oposição diz que nada justifica a decisão de Umaro Sissoco Embaló, mas existem factos que não têm sido referidos que podem ajudar a perceber as razões do Presidente.

Primeiro facto é conhecido, o assalto da Guarda Nacional à Polícia Judiciária para libertar dois membros do Governo acusados de corrupção e uso indevido dos recursos financeiros do Estado. O segundo facto é menos conhecido, apesar de ter sido publicado nas redes sociais.

Trata-se de um apelo à revolta proferido por um destacado membro do PAIGC, emigrado em Londres.

No dia 1 de dezembro, Gervásio Silva Lopes, num direto para o Facebook que foi partilhado por milhares de pessoas, fez um apelo à revolta, encorajando os guineenses a irem para a rua e a tomar o poder.

Barricar ruas, assaltar os edifícios públicos, tomar conta do aeroporto, era a tática apontada por Gervásio, acreditando que ninguém dispara contra uma imensa multidão revoltada que ele acreditava ser possível mobilizar através do seu apelo.

Nos meios políticos guineenses, Gervásio é considerado como muito próximo de Domingos Simões Pereira, o líder do PAIGC e Presidente da Assembleia Nacional Popular agora dissolvida. As palavras de Gervásio não foram consideradas pela população, que não se revoltou, mas foram levadas à letra pelo Presidente Umaro que viu nelas a tentativa de golpe de estado que justificou a decisão de dissolver o parlamento, deitando abaixo um Governo com maioria parlamentar.

O discurso de Gervásio, provavelmente emitido desde Londres, a cidade onde ele vive, tem cerca de 9 minutos. Fica aqui um excerto do que ele disse.

vídeo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui