RAZIA NAS REDAÇÕES DO JN, O JOGO E TSF

0
1909

A administração da Global Media anunciou um despedimento coletivo que vai afetar 150 trabalhadores. Segundo informação divulgada pelos delegados sindicais dos jornalistas no Jornal de Notícias,  serão “56 trabalhadores dos serviços partilhados e setor comercial, 40 da redação do Jornal de Notícias, 30 da TSF e um número ainda indefinido de O Jogo”.

Uma razia. Isto, menos de 24 horas depois do novo administrador, José Paulo Fafe, ter afirmado ao portal Eco que, relativamente a despedimentos, “não há decisão nenhuma”. Enganou-se, por certo. Ou então, mudou de ideias.

Os trabalhadores do JN solicitaram ao Sindicato dos Jornalistas a preparação de um pré-aviso de greve para os dias 06 e 07 de dezembro. Um plenário foi marcado para 30 de novembro.

No site do Sindicato dos Jornalistas, está escrito ser “inadmissível, inviável e impensável” a intenção do Global Media de avançar com o despedimento de 150 pessoas, “quase um terço dos cerca de 500 trabalhadores” do grupo.

Cenas recorrentes no setor da comunicação social. As administrações não têm nenhuma estratégia para recuperar o público que se afastou dos media tradicionais. Apenas sabem reduzir despesa, matando redações, aniquilando as empresas. Nem se percebe por que razão alguma vez estiveram interessados no setor.

QUANDO MARCO GALINHA CHEGOU…

O Global Media é um dos maiores grupos de media portugueses. Não tem um grande canal de televisão, mas está na imprensa, na rádio e no digital. Essencialmente, tem alguns dos títulos históricos da imprensa portuguesa, como é o caso do Diário de Notícias, Jornal de Notícias e o Açoreano Oriental, entre outros.

Mas as coisas não têm corrido bem, pelos vistos. Quando Marco Galinha investiu nos media, tentou ficar bem na fotografia. Mas foi sol de pouca dura.

Marco Galinha em 2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui