CRISTINA FERREIRA USADA E ABUSADA EM ESQUEMA FRAUDULENTO

1
1034

Num único texto, os nomes de Cristina Ferreira e Carlos Moedas (Presidente da Câmara Municipal de Lisboa) são utilizados para vender uma aldrabice. Os promotores da coisa prometem-nos que vamos ficar todos ricos se alinharmos no esquema. Claro que é preciso fazer sempre um pequeno investimento inicial, um pequeno sacrifício, mas a vitória é certa e vamos ficar todos milionários.

O problema disto é que há sempre quem caia na esparrela. A ínfima possibilidade de ser verdade mina de dúvidas o ânimo de muita gente e lá se vão umas centenas de euros a voar pela porta fora. Se muitos cairem na mesma esparrela, serão algumas centenas de euros a multiplicar por milhares e quem fica mesmo rico é o aldrabão.

Para olear bem a coisa, usam os nomes de gente famosa, usam as fotografias deles e, o que é de espantar (!) é que isto aparece nas páginas iniciais da Microsoft quando abrimos os computadores. Agora, estes textos vêm assinalados como sendo de autoria de “inteligência artificial”, com a chancela da agência de notícias Lusa, copywrite da empresa MadreMedia.

Apostamos singelo contra dobrado como nem a Lusa nem a MadreMedia têm alguma coisa a ver com isto e que os nomes destas duas empresas também estão a ser utilizados abusivamente.

Tudo isto vem misturado com notícias da atualidade e a referência em letra pequenina que se trata de publicidade acaba por passar despercebida, sendo que nada avisa o cidadão de que está pertante uma aldrabice. Os sites que dão cobertura a isto deviam ser responsabilizados.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui