AVIÃO DE PRIGOZHIN DESPENHOU-SE

0
984

Dois meses depois da rebelião armada contra Putin, na véspera do dia nacional da Ucrânia, Yevgeny Prigozhin terá morrido. Um avião onde um dos mais importantes líderes do Grupo Wagner estaria, despenhou-se esta tarde algures entre Moscovo e São Petersburgo.

Comunicado do Grupo Wagner às 18.44 publicado na rede Telegram, não confirma a morte de Prigozhin

A ser verdade (à hora a que escrevemos, o Grupo Wagner ainda não confirmou nada sobre a identidade de quem ia a bordo), há quem esteja a celebrar. Tanto pode ter sido um atentado ucraniano, com uma bomba a bordo, como pode ter sido a execução de uma ordem da estrutura do Estado russo. Prigozhin tinha andado a amealhar inimigos nos altos comandos militares russos e Putin não parece ser um tipo que esqueça afrontas como a que Prigozhin fez há dois meses. Não esquecer que Zelensky tinha prometido algo espetacular para estes dias em que o país comemora o seu “Dia da Bandeira”.

Como não há fumo sem fogo, é bastante provável que Prigozhin tenha morrido. Já quanto à autoria do atentado, será difícil alguma vez virmos a ter certezas absolutas.

Fontes próximas do Grupo Wagner e dos meios russos, dizem que Prigozhin estaria mesmo a bordo do avião abatido e que a bordo iria também Dmitry Utkin, o fundador do Grupo Wagner. Mas falta a confirmação destes rumores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui