CRISTIANO RONALDO VAI COMPRAR MICROFONES PARA CMTV

0
1885

Cristiano Ronaldo entrou na “loja” e perguntou quanto custava. O dono da loja perguntou o quê, Cristiano respondeu-lhe “tudo”. E comprou 30% do capital da Cofina SGPS.

Nas “prateleiras” da loja, alguns bonecos tremem de susto e surpresa e temem pelo futuro. Todos eles se lembram daquele momento inusitado, quando Cristiano Ronaldo em vez de responder à questão do repórter da CMTV, tirou-lhe o microfone da mão e arremessou para o lago.

CR7 em 2016 quando arremesa o microfone da CMTV ao lago

A relação do jogador com os meios da Cofina nunca foi grande coisa. Já em 2014, CR7 nem respondia a perguntas colocadas por repórteres da CMTV ou do Correio da Manhã, nas conferências de imprensa. Uma vez disse: “Não tenho nenhum respeito por esse jornal (CM), porque anda constantemente a inventar notícias e polémicas.”

Numa conferência de imprensa em 2014

E agora, de repente, ele torna-se acionista de referência do grupo. Será que se lembra dos azedumes do passado? Será que vai querer limpar a casa? Será que vai comprar microfones novos para todos?

Também se pode dar o caso de Cristiano ter feito apenas mais um investimento financeiro. É verdade que a comunicação social, nomeadamente a televisão, pode ser uma área interessante de investimento. Mas o mais certo é não ser…

Todos os grupos de media estão mais ou menos falidos, os que se aguentam melhor são os que têm acionistas com rendimentos noutras áreas, como é o caso da Cofina, por exemplo. Paulo Fernandes, o patrão da Cofina, é um dos principais nomes da industria de papel e celulose e o grupo que dirige nessa área teve lucros record em 2022, num montante superior a 152 milhões de euros. Nem se percebe para que quer ele novos acionistas… só se for para dividir as despesas com microfones, de facto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui