A REVOLTA DOS CARTOONS

Ainda a propósito do desenho de Pedro Brito, ou melhor, da caricatura do nosso primeiro-ministro apresentada em Peso da Régua

0
1074

Realmente, foi mau gosto. Que o diga Porky Pig. Se eu estivesse no lugar do próprio, ou melhor, nos cascos dele, teria feito já uma exposição e um pedido de indemnização do mau gosto que foi Pedro Brito lhe ter feito uma caricatura com a cara de António Costa… Nos tempos da Velha Senhora, Pedro Brito saberia o verdadeiro peso da régua… ou melhor, da palmatória.

Após a indignação que o nosso primeiro-ministro demonstrou pelo direito à livre expressão que o nosso país conquistou após o 25 de abril de ‘74, muitos outros cartoons se lhe associaram. Afinal, associar a mulher a uma vaca (Clarabela) ou a uma galinha (Clara d’Ovos), não é coisa que um desenhista possa, sequer, imaginar. Nem passar estas ideias para as crianças, pois estas imagens germinariam nas mentes dos pré-adolescentes preconceitos inconcebíveis! Ultrapassa o bom senso! Mais: associar a mulher a uma porca (Miss Piggie) é demais! E a uma rata (Minnie)? Obsceno!

Não quero nem imaginar que ministras Pedro Brito escolheria para caricaturar estas personagens!… Nem as ditas!…

Depois, há todo aquele ‘racismo’ de escolher animais a dedo: para bandidos, cães vira-lata (Irmãos Metralha); Onças (Bafo de Onça); Fuinhas (Professor Estigma); aves de rapina (professor Gavião); …

Haverá animais suficientes para retratar os políticos deste nosso País? É que, infelizmente, o Mancha Negra não teve filhos…

Os heróis lá se vão contentando com caras de rato (Mickey); cães (Pateta e Super Pateta), sapo (Cocas); … o que não é mau. 

…e pensar que crescemos a ver mulheres como vacas, porcas e ratas; bandidos como fuinhas; heróis como ratos e cães…

…mas sempre com caras de animais. Coitados de nós, que crescemos neste imaginário…

Só António Costa acha de ‘mau tom’ o seu ‘nariz de tomada’ e os lápis espetados nos olhos.

Ainda bem que Walt Disney já morreu. Em Portugal seria visto como racista, machista e indigente.

Agora a sério: que animal escolheria Walt Disney para caricaturar António Costa?

Leva-me a pensar em George Orwell e o seu livro “O Triunfo dos Porcos”. Nunca percebi porque decidiu que Snowball e Napoleon fossem porcos.

Agora entendo! Obrigado, António Costa!

(Nota da redação: os textos de opinião expressam apenas as posições dos seus autores)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui