UM NOJO ATRÁS DO PANO

0
2256

O chamado caso Tutti Fruti pode não ter pernas para andar em termos jurídicos, mas é politicamente muito relevante. Mostra-nos, salvo prova em contrário, como os grupos políticos se organizam entre si para melhor se aproveitarem do sistema.

Os arranjinhos que se combinam atrás do pano, dizem tudo sobre a ética e a moral desta gente. E a convicção que tudo isto nos deixa é que o mal é geral, abarca tudo e todos, não há partido que se safe.

No caso em apreço, deram-nos a conhecer alegados esquemas de favorecimento mútuo, destinados a abrir caminho até à manjedoura do erário público. Sacar votos com falsas promessas e falinhas mansas, ser eleito, trazer por arrasto sócios do compadrio. Um nojo.

fotograma da reportagem vídeo exibida pela TVI

Esta história tem a virtude de destapar várias carecas, incluindo a de André Ventura. É sempre bom lembrar que ele começou no PSD, que se tornou conhecido por aparecer na pantalha a comentar futebol a favor do Benfica, assim foi eleito vereador em Loures em 2017, a cavalo de argumentos racistas e xenófobos.

Mas não sabíamos da “progenitura” de tão distinto político. Agora dizem-nos que quem o “pariu” foi alegadamente Sérgio Azevedo, ex-deputado do PSD. E nós a pensarmos que tinha sido Passos Coelho…

fotograma da reportagem vídeo exibida pela TVI

Esta história envolve outros políticos do PSD e do PS, alguns nomes grandes da política. Depois de anos de investigação, tudo indica que o Ministério público passou a história para a TVI. É o lado negro desta farsa, mais uma fuga de informação a gosto de alguém, não se sabe quem.

Em termos políticos, podemos considerar que, embora o caso também envolva políticos do PS, a direita está a provar do seu próprio veneno e José Sócrates deverá estar a sentir-se vingado, de algum modo.

Voltando ao início deste escrito, a “fruta” exposta poderá não ter pernas para chegar a um tribunal. Percebemos como será difícil provar compadrios tecidos em segredo, mas as escutas revelam o carácter dos protagonistas das conversas. E isso é bom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui