PERSEGUIÇÕES POLÍTICAS

Um passo à frente e dois atrás, assim se sintetiza a evolução dos direitos humanos nos Estados Unidos. O tal "american dream" não é para todos, afinal.

1
1476

A deputada Zooey Zephyr, eleita para a Câmara dos Deputados do Estado de Montana, nos EUA, está impedida de entrar nas instalações da assembleia e de participar nos plenários. Zooey Zephyr foi eleita pelo Partido Democrata, mas o Estado de Montana é governado por uma maioria do Partido Republicano.

A questão não é só política partidária. Acontece que a deputada Zephyr é uma pessoa transgénero. Montana acaba de aprovar legislação que impede o acesso aos serviços públicos de saúde a pessoas transgénero. Na discussão no plenário, Zephyr disse que os republicanos ao votarem numa lei deste tipo estavam a “manchar de sangue” as próprias mãos. A acusação foi o pretexto para ser votada a proibição de Zephyr entrar na assembleia e de participar nas discussões políticas. Poderá votar à distância.

Zooey Zephyr no momento em que foi exoulsa do parlamento de Montana, EUA

A votação registou 32 democratas a votarem contra a punição e 68 republicanos – dois terços da câmara – a votarem a favor.

TODAS AS MINORIAS PODEM SER PERSEGUIDAS

Este é o segundo caso em órgãos legislativos norte-americanos controlados pelo Partido Republicano em que deputados eleitos ficam proibidos de entrar nas instalações do poder legislativo local. No início de abril, no Tennessee, republicanos votaram pela expulsão de dois deputados democratas negros que lideraram iniciativas para limitar o acesso a armas.

Justin Pearson no exercício dos seus direitos políticos, antes de ser expulso do parlamento do Tennessee, EUA

Justin Pearson, um dos deputados expulso, declarou pretender “continuar a lutar por uma legislação justa. Continuar a lutar para garantir que não se perdem mais vidas na epidemia da violência armada.”

Isto aconteceu dias depois de uma mulher ter assassinado três crianças e três adultos numa escola em Nashville, utilizando armas legalmente adquiridas.

É espantoso como é possível expulsar quem o povo elegeu, por meras questões circunstanciais da política. Só na América.

1 COMENTÁRIO

  1. O mundo tende a proteger a intolerância em todo o lado e isso só nos remete para teorias eugénicas que em parte justificaram a IIª. Grande Guerra mundial.
    Mas os facciosismos revelam também muita ignorância na política, falta de valores morais que impedem o bom relacionamento dos indivíduos com diferentes visões.
    Se a lei for vacilante, ou (sendo justa) o seu cumprimento, sempre haverá instabilidade baseada na injustiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui