O Lagarto-de-água destemido

0
1344

Numa das nossas saídas familiares pela Natureza, encontramos um lindo exemplar de Lagarto-de-água. Um macho, com umas cores magníficas e vívidas para cativar as fêmeas durante a época de reprodução.

Estivemos mais de meia hora a observá-lo, fotografá-lo, e até o filmamos a receber miminhos ou massagens, não sabemos como ele interpretou o gesto dado pelo meu filho…J
Também tivemos a aproximação (como podem ver no vídeo) de uma curiosa Lagartixa-de-Bocage, talvez esperançada num carinho…

vídeo

Cada vez mais tenho a certeza que os animais pressentem qual a nossa intenção para com eles, se lhes vamos fazer mal ou não.

O Lagarto-de-água, é um lagarto de tamanho médio e de aspeto robusto, que pode atingir 13 cm de comprimento cabeça-corpo. Possui uma longa cauda que pode medir até duas vezes o tamanho do corpo.

Vive em zonas relativamente húmidas, encontrando-se associado a habitats próximos de cursos de água com coberto vegetal denso. Habita preferencialmente os vales agrícolas, típicos das áreas montanhosas do norte do país, em locais onde o estrato arbóreo das margens é dominado por espécies como o amieiro, o vidoeiro, o castanheiro e o carvalho-alvarinho.

Gosta de estar ao sol, em troncos ou rochas, perto da água, para a qual pode mergulhar se ameaçado, também pode trepar às árvores, assim como libertar a cauda.

A época de reprodução decorre durante a Primavera e o Verão, mas os acasalamentos ocorrem entre Abril e Junho. O Lagarto-de-água é uma espécie ovípara e as fêmeas põem entre 11 e 21 ovos, dependendo do seu tamanho corporal. A maturidade sexual é atingida por volta dos 3 ou 4 anos de idade e os machos e as fêmeas formam laços fortes, de forma a que estes protegem as suas parceiras por longos períodos.

Tem um papel muito importante no controlo de pragas, a sua alimentação baseia-se em pequenos invertebrados, preferencialmente moscas, mosquitos, gafanhotos, lagartas e escaravelhos. Por vezes, também inclui na sua dieta frutos silvestres e outros pequenos lagartos.

O Lagarto-de-água está classificado como “Quase Ameaçado” a nível mundial pelo IUCN, uma vez que as populações parecem estar em declínio significativo.

As principais causas para este declínio estão especialmente relacionadas com a perda e alteração do habitat, destacando-se as obras de regularização das margens das linhas de água, a construção de barragens, o despejo de lixos e entulhos, a extração de inertes, a construção de estradas e a alteração da vegetação nas margens das linhas de água.

Facebook Youtube Instagram

Quem quiser (e puder) contribuir para a continuidade do Projeto Biodiversidade na nossa Terra de Fernando Ferreira, pode enviar donativo para:
– IBAN: PT50 0033 0000 4538 8641 1930 5
– MBWAY 966 257 848
Este projeto visa não só registar a Biodiversidade, bem como ser uma ferramenta didática na Educação e Sensibilização Ambiental, de forma a impulsionar mudanças positivas junto do maior número de pessoas possível, principalmente nas nossas escolas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui