DANIELA, CRISTINA E CATARINA, QUAL DELAS A MELHOR?

0
818

Olhando para as audiências televisivas de domingo, Cristina Ferreira perdeu. O programa que dirige, “O Triângulo”, não aguentou com a estreia de “Os Traidores” na SIC. Aliás, foi uma noite com duas estreias, porque também a RTP lançou o “The Voice Kids”.

O horário nobre das televisões generalistas está entregue a formatos internacionais. Uma espécie de atestado de incompetência aos criativos portugueses.

Destes três formatos, escolhemos o “The Voice Kids” da RTP para ver, mas a maioria dos telespetadores portugueses viu a estreia de “Os Traidores”, onde brilha a atriz Daniela Ruah que veio dos EUA propositadamente para a produção deste show televisivo.

Para já, o esforço parece compensar. A SIC reclama para si a vitória no horário nobre. As audiências publicadas indicam que o programa de Daniela teve uma média de 1 milhão e 6 mil espectadores

Na TVI, Cristina Ferreira teve de se contentar com 762.300 espetadores, enquanto os pequenos cantores da RTP, com Catarina Furtado e sem Vasco Palmeirim, tiveram em média 666.700 espectadores.

O programa da RTP pode até ser o mais interessante de seguir, aquele que consegue maior proximidade com o público, mas soçobra perante o marketing promocional dos canais privados.

A RTP precisaria de arriscar mais para reverter a perda de audiência, produzir televisão de grande qualidade. O “The Voice Kids” não é um mau programa para as tardes de domingo, no inverno. É um programa de família, onde as crianças poderiam ver outras crianças na televisão, com quem se poderiam inspirar para também elas se atreverem a fazer coisas ousadas. Os pais e avós não desdenhariam acompanhar filhos e netos numa tarde televisiva onde os miúdos exibem sonhos. No atual horário vai continuar a perder.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui