HOMENAGEM A UM HERÓI

0
277

Maximino Serra, o último dos guerrilheiros antifascistas na luta contra Salazar, vai ser homenageado com uma estátua implantada em local ainda a designar.

Falecido recentemente, Maximino Serra foi expulso do PS pouco tempo antes de falecer. A expulsão foi confirmada por Carlos César, o atual Presidente do PS. O “pecado” de Maximino foi ter integrado o último lugar dos suplentes de uma lista de independentes nas eleições autárquicas no concelho onde vivia.

A expulsão de Maximino Serra provocou indignação entre os militantes socialistas que têm memória ou estudaram os movimentos políticos da oposição à ditadura de Salazar. Não será o caso de César que, antes do 25 de abril de 1974 era um menino filho de boas famílias, enquanto Maximino participava no assalto ao quartel de Beja, no desvio de um avião comercial, participava na campanha de Humberto Delgado, no assalto ao paquete Santa Maria, vivia exilado em Marrocos e no Canadá, corria mil perigos e passava fome.

A vida do aventureiro daria um filme. Mas há de dar uma estátua. Em comunicado, uma comissão organizadora anuncia esta intenção e promete divulgar mais pormenores sobre a homenagem no próximo dia 25 de abril.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here