Quanto eles nos ensinam!…

1
1334

Final de tarde bem passado numa sala esgotada para apreciar o entusiasmo com que meia dúzia de jovens se entregaram a um divertido espectáculo, Madagáscar Uma Aventura Musical, baseado no filme de animação da DreamWorks.

Dia 1, feriado, Musical de Cascais. É sempre reconfortante ver que, de um instante para o outro, desperta, no seio duma colectividade, o gosto para levar à cena um espectáculo. Amadores são, sem pretensões, levados, porém, por aquele desejo de saírem do ramerrão quotidiano, embrenhando-se pelas lides teatrais.

E, tal como os personagens que interpretaram, decidiram «saltar o muro», como o João Sem Medo, e brindar-nos com momentos agradáveis para crianças e adultos. O leão Alex, a zebra Marty, a girafa Melman e Glória, o hipopótamo, quiseram fugir do zoo onde se sentiam prisioneiros; os actores souberam vestir essa liberdade, sempre, no entanto, conscientes de que, afinal, importava saber usá-la bem. Foram acolhidos por bem simpáticos pinguins. E, passados uns tempos, Alex já sonha com o bife habitual, mesmo que lhe aconselhassem dieta; continua a zebra com as suas dúvidas: é preta com riscas brancas ou branca com riscas pretas? Sublinha um deles que – cuidado! – o açúcar pode aumentar o colesterol e vão tentar, por isso, umas comidinhas vegetarianas. Adverte aqueloutro: «Atenção! Isso pode ser um ataque cardíaco!»…

Mas no fundo, para além dessas mensagens salutares, o importante foi mesmo a ideia de que todos, afinal, poderíamos contribuir para melhorar o ambiente, mesmo o da Antártida dos pinguins, cada vez mais ameaçada.

Actuação muito aplaudida no final, com as criancinhas a quererem fotografar-se com os animais apresentados. Aliás, há que salientar – e uma das intérpretes não quis deixar de o referir – o engenho com que, em tempo escasso, foi, por exemplo, confeccionado o original guarda-roupa.

Fizeram questão em estar presentes na estreia Pedro Morais Soares, presidente da União de Freguesias Cascais Estoril (que, juntamente com a Câmara e a empresa Nucase, patrocinou o espectáculo), o presidente da Junta de Freguesia de Alcabideche, José Ribeiro, e Marco Pauzinho (vogal desta mesma Junta).

O elenco da Musical voltará à cena nos próximos dias 3 (às 17.30 h.), 4 (11 h.), 8 e 11 às 18.30 h. Contactos: 214844268 e 939104102.

1 COMENTÁRIO

  1. Um texto muito interessante.
    Parece banal a frase, mas aqui não pretende sê-lo. Quando autarcas e munícipes se juntam e conjugam esforços, estes com a criatividade, aqueles com o apoio material pelo reconhecimento desse mérito, torna-se “muito interessante” a divulgação.
    Sempre achei que a imagem, mormente numa peça de teatro musical, é meio ganho para o sucesso (ou perda para o fracasso) por isso José d´Encarnação enaltecer, neste seu texto, a qualidade do guarda roupa, vem ao encontro desse pensamento antigo de que na caracterização está uma parte considerável do êxito.
    Se houver ainda a preocupação de fazer passar mensagens (sobre alimentação saudável, por exemplo, ou respeito pelo equilíbrio ambiental) a identificação com o “herói bem caracterizado, será bem mais conseguida.
    Muito grata pela partilha destas impressões de “viagem” pelo mundo encantado dos mais novos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui