CANTARES DA TERRA, um espetáculo em Cascais

Tarde fria e chuvosa. À partida, frio parecia também o salão da Associação Recreativa Juventude Carrascalense, em Carrascal de Alvide.

0
807

Pouco a pouco, porém, o ar foi-se aquecendo, à medida que conhecidos ritmos e cantares se iam sucedendo. E bem cedo as palmas da mais de meia centena de espectadores começaram a pautar o que Cantares da Terra, emotivamente, entusiasticamente, nos ia oferecendo.

Uma viagem cantada, sim! Do Norte ao Alentejo, do vira ao cante, passando pelas inevitáveis marchas (tanto as de Lisboa como as de Cascais, que àquelas não ficam atrás, não!), pelo fado – tudo devidamente condimentado pelos originais arranjos de Marta Garrido.

Cantares da Terra, nado e criado em Cascais, com exímios tocadores de cordas e bonitas vozes femininas, é grupo que tem este mui saudável hábito de nos brindar com modas típicas de variadas regiões do nosso País.

Daí resulta sempre um concerto alegre, ritmado, pleno de boa disposição. Em simplicidade – o que também se deve referir.

Uma hora, pois, bem passada foi essa, no final da tarde de domingo, 22, em ambiente deveras familiar e participativo. Até a pequenita não resistiu ao magnetismo dos ritmos, saltou do colo da mãe e executou donairosos passos de dança, ali diante de todos!

Parabéns e… cá esperamos as anunciadas novidades para 2023!

A Junta de Freguesia de Alcabideche fez-se representar por dois dos seus vogais: Pedro Sousa e Teresa Lopes Ribeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui