PORTAGENS MUITO MAIS CARAS

0
657

O preço das portagens deverá aumentar cerca de 9%. As várias empresas concessionárias das autoestradas portuguesas têm o aumento das suas receitas garantido contratualmente, por indexação à taxa anual de inflação.

Se o aumento de confirmar, o custo da mobilidade rodoviária vai sofrer mais um agravamento, como se o preço dos combustíveis não fosse já suficiente para complicar a vida das famílias e das empresas.

Este ano, o custo das portagens subiu 1,8%. Agora, imaginemos o que será multiplicar este percentual 5 vezes. Nunca antes, em tempo algum, houve um agravamento desta ordem no preço das portagens.

Caso este aumento de 9% se confirme, um veículo pesado passará a pagar mais 5 € por uma ligação Lisboa-Porto, um veículo ligeiro de passageiros passará a pagar mais 2 € pelo mesmo percurso. Num percurso mais curto como, por exemplo, da Venda do Pinheiro até Loures, o pagamento da portagem passará de 0,85 cêntimos para 0,92 (quase 1 € por 10 quilómetros de autoestrada).

As concessionárias já enviaram recado ao Governo de que estão dispostas a reduzir o aumento do próximo ano, se o Governo aceitar prolongar os prazos das concessões. As empresas não pretendem largar o “osso” com que engordam os acionistas, jogam a cartada da necessidade de conter o aumento desmesurado do custo de vida.

Chegados aqui, alguns dirão que mais valia as autoestradas nunca terem sido concessionadas a privados. A receita reverteria toda para o Estado e os equilíbrios orçamentais seriam sempre obtidos no enquadramento dos interesses das populações. E talvez tenham razão.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here