As periferias que o Metropolitano de Lisboa despreza

2
599

O Metropolitano de Lisboa vai gastar 100 milhões de euros num projeto que fazia mais falta às cidades periféricas de Lisboa.

O Metro está a trabalhar na abertura de mais 2 estações: Estrela e Santos.  Concluindo uma via circular com pouco peso na movimentação diária de quem vive na grande Lisboa, de Cascais a Vila Franca, de Bucelas a Palmela.

No Bairro da Estrela, o requinte inclui uma estação dentro de um dos edifícios do antigo Hospital Militar. Coisa que nem sequer foi feita no Chiado, onde o Metro criou um enorme buracão, engolindo quase um terço da praça.

fotografia de José Ramos e Ramos

Lisboa tem, hoje, apenas 544. 851 habitantes. Os 18 municípios que integram Área Metropolitana de Lisboa têm 2. 871. 133 habitantes, segundo o Census 2021. O concelho de Sintra tem 385.954 habitantes e Cascais 214.134. Ou seja, estes dois concelhos juntos têm 600.088. Mais 55.237 habitantes que Lisboa. E têm Metro? Não!

E a maioria dos 600 mil habitantes de Sintra e Cascais (mais os de Loures e Mafra) entram e saem de Lisboa diariamente nos percursos de casa-trabalho e volta a casa. 

Há prioridades que precisariam de ser bem explicadas.

2 comments

  1. Estimado Miguel a questão não é socialista. É dos presidentes de Câmara, governos e deputados que temos tido… por nossa culpa

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here