AGRESSÕES nas CADEIAS

0
454

A Procuradoria Geral da República enviou para o magistrado do Ministério Público coordenador da Comarca de Vila Real, uma queixa de reclusos que se dizem vítimas de agressões físicas de guardas prisionais no Estabelecimento Prisional de Chaves.

A denúncia foi feita no início de junho através de uma carta da Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso (APAR) endereçada à PGR.

Num comunicado divulgado a 22 de junho, a APAR recorda que “um dos sindicatos do corpo da guarda prisional emitiu um comunicado refutando as acusações, e dizendo que a nossa denúncia era uma descrição completamente falsa dos factos (pelo que iria interpor ação judicial com vista a uma indemnização cível), mas sem informar quais eram os factos verdadeiros”.

A APAR acrescenta que “continuará a solicitar à Procuradoria-Geral da República que mande investigar todas as queixas de agressões”, independentemente de pressões e ameaças e que “o clima de medo, por parte de reclusos, e de impunidade, para os agressores, tem de terminar nas nossas cadeias”.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here