NAVIO AO FUNDO

FOI AO FUNDO E LEVOU NOS PORÕES MILHARES DE AUTOMÓVEIS. UMA FORTUNA EM VIATURAS ESTÁ AGORA PERDIDA, A CERCA DE 3500 METROS DE PROFUNDIDADE, NO OCEANO ATLÂNTICO.

0
1369

O Felicity Ace andou duas semanas à deriva ao largo dos Açores. Foi abandonado pela tripulação, depois de um incêndio que deflagrou por razões desconhecidas. No passado dia 25, a Marinha Portuguesa afirmava que o navio tinha começado a ser rebocado para uma zona mais distante do arquipélago dos Açores.

Carregado com carros de luxo

O navio dirigia-se para o porto de Davisville, nos EUA. Segundo o Grupo Volkswagen, levava perto de 4 mil viaturas das marcas que o grupo agrega: Volkswagen, Audi, SEAT, ŠKODA, Bentley, Bugatti, Lamborghini, Porsche, Ducati e camiões da Scania e MAN. A maior perda são os 1,100 Porsche e 189 Bentleys.  

A 3500 metros de profundidade não representa qualquer perigo para a navegação, mas pode constituir um foco de poluição. Com o embate no fundo, o navio pode ter ficado partido e estar a derramar combustível. Não se sabe, será preciso esperar alguns dias para ver o que acontece.

Durante esta crise, o Felicity Ace foi acompanhado pelo NRP Setúbal, que deverá permanecer na zona do naufrágio para verificar eventuais sinais de poluição marítima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui