João Moura acusado de 18 crimes

0
361

João Moura está gordo, com isso penaliza os cavalos que têm de aguentar com o seu peso excessivo, mas deixava os cães a morrer à fome. Quantos terão morrido, não se sabe. Apenas sabemos aqueles que foram salvos in extremis pela GNR. Foram 18, sendo que uma das cadelas sucumbiu no próprio dia em que foi libertada.

A cadela que morreu, segundo o despacho de acusação elaborado pelo Ministério Público, “sofria de insuficiência hepática e renal aguda”, além de apresentar um “estado de caquexia” e “cortes profundos na zona do metacarpo sem sinais de cicatrização”.

um dos cães de João Moura fotografado pela GNR

Os restantes recuperaram e estão vivos. No dia em que foram retirados da quinta do cavaleiro tauromáquico, apresentavam “magreza acentuada” ou “estado de caquético”. Todos os cães galgos apreendidos tinham lesões ou escoriações e infeções provocadas por parasitas, e por isso ficaram doentes, “sem que existisse “quaisquer sinais de tratamento”, indica ainda o Ministério Público no despacho de acusação.

O MP adianta que João Moura “privou os animais de acesso a água e alimento em quantidade suficiente, de alojamento limpo, de quaisquer cuidados de saúde e de higiene, de vacinação e tratamentos de desparasitação”. No dia da operação policial, os cães estavam “confinados em boxes de cavalos, dois a cinco animais por boxe, sem quaisquer equipamentos ou utensílios para fornecimento de alimento ou água”.

Os animais viviam no meio dos seus próprios dejetos, que ninguém limpava, sujeitos ao tratamento cruel que já foi descrito e que lhes causava dor e sofrimento. Moura talvez tenha querido poupar algum dinheiro na ração dos seus cães, mas, agora, tem a fatura para pagar que a Justiça lhe há de apresentar.

Este caso foi motivo de grande indignação e revolta, nomeadamente nos meios afetos à defesa dos direitos dos animais. Os militantes animalistas e ecologistas não perdoam a João Moura, até porque se sabe que ele e o filho promoviam lutas de morte entre cães e bovinos, com que entretinham amigos e visitantes na sua quinta alentejana.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here