Juiz Carlos Alexandre soma insucessos

1
1131

Existe uma expectativa errada sobre eficácia do super juiz Carlos Alexandre. De que é exemplo emblemático o Caso Portucale. Que servirá de exemplo para o caso dos diamantes dos militares, agora em investigação.
Carlos Alexandre já se tinha revelado numa entrevista na RTP.

Em 2005, políticos do CDS e quadros do Banco Espírito Santo (sim!) envolveram-se no abate criminoso de 2500 sobreiros na Herdade da Vagem Fresca, em Benavente, para lá fazerem um projeto turístico-imobiliário.

Caso dos submarinos arquivado

As conversas intercetadas neste caso deram origem ao processo autónomo de suspeita de trafulhices na compra de dois submarinos ao consórcio alemão Ferrostaal, onde mais uma vez estava o…grupo BES.

O caso dos submarinos acabou arquivado. Embora na Alemanha estejam presos os corruptores dos portugueses. Ao todo terão sido pagos mais de 60 milhões de euros em alegadas “luvas” entre 2002 e 2003.

Ministros absolvidos pelo Tribunal

Também neste caso da Herdade Portucale os arguidos, ministros na altura, foram absolvidos em definitivo pelo Tribunal Constitucional, depois de recurso do Ministério Público sobre decisão proferida em 2012.
Os nomes eram sonantes: Luís Nobre Guedes, Abel Pinheiro, Costa Neves, Luís Miguel de Oliveira, Horta e Costa e Telmo Correia.

Banco Espírito Santo denuncia… BES!

O caso tornou-se insólito, ao ser descoberto que o CDS estava a ser financiado por depósitos do BES, que acabaram por ser detetados e denunciados pelos mecanismos internos de controlo de movimentos bancários irregulares do próprio BES!

Miguel Relvas também apareceu no caso, mas falando de mais ‘coisas’: admitindo alegadamente ter feito contactos a favor de dois negócios com o BES (outra vez!). Um relativo a autoestradas, outro à suspensão do PDM de Gaia.

Veja reportagem/entrevista completa no link:
https://youtu.be/ZR6wNLp1s6c

Quando o BES avaliava o próprio… BES!

Assisti ao interrogatório do António Morais Pires no Campus da Justiça. Pires foi azucrinado sem sucesso pelo super juiz Carlos Alexandre. A resposta do bancário de topo do BES foi sempre a mesma: cumpro com rigor o código deontológico bancário; nada tenho a ver com as avaliações de empresa certificada pela Comissão de Valores Imobiliários para avaliar o valor do Grupo Grão Pará. Avaliadora também do… BES!

O super juiz Carlos Alexandre sempre soube que Portugal girava a volta do Dono Disto Tudo, o senhor Ricardo Salgado.

Resultados: prescrições e esquecimentos

Os anos tem decorrido, o super juiz Carlos Alexandre tem brilhado nas televisões, com Sócrates, Salgado e companhia, mas quanto a resultados: raspas! Prescrições e esquecimentos.

Bem pode o senhor juiz Carlos Alexandre contar os dias para a reforma, como revelou na entrevista à RTP, porque será certamente uma reforma tranquila e sorridente.
O caso agora dos diamantes dos militares vai dar em quê? Em águas de bacalhau! Pelo que há anos se tem visto.

1 comment

  1. Tanto esforço para quê? – Para tentar julgar um juiz que quis fazer verdade sobre as atividades socratinas e cujo processo foi entregue a outro juiz que, quase não encontrou crime nenhum? – Não me façam rir que, hoje, estou mal disposto…

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here