Há guerra, esta terca, na ciclovia da Av.Almirante Reis

0
412

No próximo dia 19, teca-feira, 844 pessoas vão dar aos pedais na Avenida Almirante Reis para defender esta ciclovia muito polémica.

Em boa verdade, poucos são os ciclistas que por ali circulam. Posso testemunhar, porque sou utilizador, juntamente com os rapazes da Glovo e da Uber Eats. Todas as semanas chegam dois novos ´civis´ e com o tempo a malta habitua-se.
Esta ciclovia e o peso dos dislates de Margarida Martins deitaram abaixo Fernando Medina. Um homem teimoso que deixou esvaziar os bairros históricos, cruelmente.

Como declaração de interesses, eu utilizo a ciclovia daquela avenida com uma bicicleta assistida eletricamente.

Andar de bicicleta em Lisboa não é pêra doce. Uma descida tem sempre uma subida. As ciclovias são interessantes, mas para distâncias curtas. E terá ser possível entrar com uma bicicleta dobrável numa loja ou espaço comercial. O que é muito raro. “Ponha à porta” -dizem. Mas alguém imagina eu a deixar mil euros na rua, enquanto faço compras ou bebo um copo.

Estou preparado para guerra da Avenida Almirante Reis. Para defender as ciclovias com bicicletas assistidas eletricamente, claro!
Mas desconfio que trata de um pretexto para o primeiro confronto entre Medina e Moedas na Câmara de Lisboa. Que ficou de pantanas. A ver vamos. A pedais!

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here