É urgente proibir a venda de casas estrangeiros

A Nova Zelândia proibiu há três anos a venda de casas estrangeiros. O negócio estava a dar cabo da economia daquele país. E nós, portugueses, continuamos a vender as nossas casas aos outros porquê?

0
481

Os governos do Partido Socialista e do PSD tem-se esforçado, ao longo dos anos, para não tocar nas 730.000 casas desocupadas em Portugal. Dados de um relatório da OCDE de 2019. 

Pedro Nuno dos Santos é considerado o ministro mais à esquerda do atual governo do PS. Mas voltou a insistir no contrato de habitação vitalícia como uma boa solução, Que até agora só convenceu 56 famílias. 

Há casas em barda… fechadas!

É necessário explicar aos portugueses qual é a vantagem de construir casas em barda. E depois vendê-las a estrangeiros, que vêm para cá viver, sem pagar impostos. 

Em alguma imprensa têm sido plantadas notícias que referem Portugal como o país com menos construção de casas novas na Europa. 

Mas basta andar por Lisboa, a partir das oito da noite e olhar para cima, para ver quantas casas não têm luz, para já não falar das centenas de prédios em ruínas. 

Arrendem as casas aos portugueses

Poderia argumentar-se que a construção dá dinheiro, mas grande parte dos materiais são importados pré-fabricados. 

E também poderia pensar-se que dá emprego. Mas basta ver o curto tempo de construção de um edifício. E cai também este argumento. 

Se os estrangeiros querem morar ou passar férias em Portugal, arrendem. Como acontece na Nova Zelândia. 

Se andam a fazer negócio, façamos nós! Ou temos de continuar a ser parvos?

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here