Vacinação vai acelerar

0
385

Hoje, 3 de agosto, Portugal registou mais 19 mortos e 2.076 novos casos de covid-19, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.

Do total de vítimas mortais, 10 foram contabilizadas em Lisboa e Vale do Tejo, cinco no Norte, duas na região Centro, uma no Alentejo e uma outra no Algarve. Quatro das vítimas tinham entre 40 e 59 anos de idade.

No que diz respeito aos novos casos detetados, Lisboa com 799 casos e o Norte com 720 têm 73,1% do total das novas infeções verificadas nas últimas 24 horas.

No reino da variante Delta

A variante Delta do coronavírus que provoca a covid-19 tem uma prevalência acima dos 95% em todas as regiões do país, sendo de 100% no Norte, no Algarve e na Madeira, segundo o Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge.

O Núcleo de Bioinformática do Departamento de Doenças Infecciosas do Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA) já analisou 13.256 sequências do genoma do novo coronavírus, obtidas de amostras colhidas em mais de 100 laboratórios, hospitais e instituições, representando 297 concelhos de Portugal.

Vacinação acelera

Até ontem, domingo, já tinham sido administradas em Portugal, incluindo as regiões autónomas, 12,2 milhões de doses de vacinas.

Nesta data, sete milhões de pessoas tinham pelo menos uma dose da vacina (68,2% da população) e 5,8 milhões de pessoas (56,5%) a vacinação completa.

A vacinação da população vai acelerar. A Direção geral de Saúde decidiu encurtar o intervalo entre as duas tomas da vacina fabricada pelo laboratório Pfizer/BioNtech.

O “consenso” só foi possível porque, entretanto, chegaram a Portugal cerca de 1 milhão de doses da Pfizer.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here