PSP tenta acabar com a bagunça nas ruas de Lisboa

0
788

A Polícia de Segurança Pública diz que nas últimas semanas 11 pessoas foram detidas na zona do Bairro Alto e do Cais do Sodré, em Lisboa, e que a polícia levantou autos de 55 infrações relativas ao incumprimento das regras de prevenção contra a covid-19.

Nos últimos dias tem sido notícia o surgimento de ajuntamentos espontâneos de centenas de pessoas, depois das 2 da manhã, nas ruas do Bairro Alto e Cais do Sodré. As multidões concentram-se à volta de quem leva colunas de som e rapidamente se instalam na via pública autênticas sessões de dança. Com a festa, a malta esquece-se da pandemia, não usa máscara e só pensam em amar.

De facto, as autoridades informam que apreenderam também 14 colunas de som, mais de uma centena de garrafas de cerveja, provenientes da venda ambulante e 12 botijas de óxido nitroso, indica o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis), num comunicado.

A PSP diz que implementou um dispositivo com medidas de controlo do número de pessoas em determinadas ruas, como forma de “garantir o acesso permanente às forças de segurança e aos meios de socorro” e para evitar concentrações superiores a 15 pessoas.

As primeiras queixas sobre o que estava a suceder vieram de moradores dessas zonas que, depois de muitos meses de paz e sossego, devido ao confinamento, sofrem agora com o barulho, as zaragatas, os assaltos e as bebedeiras da malta que dantes ia para a discoteca e agora não tem para onde ir.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here