Feira do Livro de Lisboa, cenas da política

0
769

Em Lisboa, o Presidente da República inaugurou a Feira do Livro com Fernando Medina, o presidente da autarquia. Mas depois dos discursos e das fotografias da inauguração, Medina despediu-se de Marcelo com o argumento de que queria evitar equívocos relacionados com a campanha eleitoral. E Marcelo seguiu sem ele para a visita à feira.

Eis senão quando surge por detrás de um stand livreiro o candidato à autarquia Carlos Moedas. Longe de querer evitar confusões, Moedas avançou para as fotografias e alguns segundos de transmissão televisiva que podem valer votos.

O candidato e o Presidente trocaram palavras de circunstância, notou-se que Marcelo não queria prolongar muito o encontro.

“Gostei muito de o ver nesta grande coincidência de me cruzar aqui consigo, mas sei que é um ‘habituée‘, eu também, então olhe, aqui estamos”, declarou Moedas, que usava uma máscara da sua candidatura, com a frase “Lisboa pode ser muito mais do que imaginas”.

Como se os portugueses não tivessem imaginação para isso e muito mais.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here