Presidente da Câmara de Torres Vedras encontrado morto

Declarações expressas pelo adversário do PSD à Câmara nas próximas eleições autárquicas indiciam que se tratou de suicídio.

0
3024

Carlos Bernardes, presidente da Câmara de Torres Vedras, foi encontrado morto em sua casa, esta tarde. Tinha 53 anos, apenas.

Segundo a GNR, tinha ferimentos de arma branca no pescoço e foi encontrada uma faca junto ao corpo. Uma Brigada de Investigação de Homicídios da Polícia Judiciária de Lisboa deslocou-se ao local para averiguar as causas da morte.

No entanto, a hipotética causa da morte de Carlos Bernardes foi já avançada pelo candidato do PSD à Câmara de Torres Vedras, Duarte Pacheco. Numa mensagem publicada no Instagram, Duarte Pacheco escreve que “nada justifica que se ponha termo à vida. Para tudo há solução. Mas agora só posso desejar que descanses em paz e que Deus te receba no seu reino!!”

Presidente da Câmara desde 1 de dezembro de 2015, Carlos Bernardes, já tinha anunciado que se iria recandidatar à autarquia, este ano, mantendo o apoio do PS. O autarca tinha sido vice-presidente durante 10 anos, entre 2005 e 2015, quando assumiu a presidência por renúncia de Carlos Miguel, que assumiu funções no Governo.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here