Covid-19: desconfinamento prossegue

0
578

O desconfinamento vai avançar, anunciou o primeiro-ministro, mesmo se hoje alguns números voltaram a subir. O boletim epidemiológico refere que nas últimas 24 horas registaram-se  11 mortes (ontem foram 3 apenas) relacionadas com a covid-19 e 592 novos casos de infeção covid-19 (menos 26 que ontem). É o segundo dia em que o valor de novos casos ronda os 600, número acima do habitual nas últimas semanas.

O boletim epidemiológico revela ainda que estão internados 538 doentes (menos 20 do que na quarta-feira), nos cuidados intensivos  estão 129 doentes (mais dois que ontem).

Quanto ao desconfinamento, António Costa avisou que se o índice de transmissibilidade subir acima de 1 que haverá lugar a “medidas” de contra-ataque.

As principais medidas do desconfinamento

Assim, a partir de segunda-feira reabrem restaurantes, pastelarias e cafés com esplanada, com grupos limitados a quatro pessoas, as lojas com porta para a rua com menos de 200 metros quadrados deixam de ter de vender ao postigo e passam a poder ter as suas portas franqueadas ao público, ginásios retomam atividade restrita (sem aulas), centros de dia e equipamentos sociais para a área da deficiência voltam a receber utentes e, entre outras medidas, a mais esperada: os alunos do 2.º e 3.º ciclo retomam na segunda-feira as aulas presenciais.

A decisão de aplicar a segunda fase do plano de desconfinamento, conhecido a 11 de março, no âmbito da pandemia de covid-19, foi tomada hoje em Conselho de Ministros, depois de analisada a situação epidemiológica em Portugal, em especial a taxa de transmissão (Rt) e a incidência de novos casos.

19 concelhos de maior risco

Há 19 concelhos no continente acima do limiar de risco de incidência da covid-19, que podem não avançar ao mesmo ritmo no desconfinamento, caso a situação se mantenha na próxima avaliação do Governo.

Dos 19 concelhos com maior incidência de casos, destacam-se Carregal do Sal, Moura, Odemira, Portimão, Ribeira de Pena e Rio Maior, com mais de 240 casos por 100 mil habitantes, segundo os dados hoje divulgados.

A este grupo de 19 pertencem ainda os concelhos de Alandroal, Albufeira, Beja, Borba, Cinfães, Figueira da Foz, Figueiró dos Vinhos, Lagoa, Marinha Grande, Penela, Soure, Vila do Bispo e Vimioso, que registam entre 120 a 240 casos por 100 mil habitantes.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here