Covid-19: Lisboa inicia testagem universal e gratuita

0
521

O índice de transmissibilidade (Rt) continua abaixo de 1, hoje está em 0,86, segundo o boletim conjunto da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este é um dos critérios definidos pelo Governo para manter o desconfinamento lento a que estamos a assistir. Se esse índice subir acima de 1, provavelmente o Governo voltará a decretar medidas de isolamento e paragem da atividade económica.

Em 11 de março, na apresentação do plano de desconfinamento, o primeiro-ministro, António Costa, avisou que as medidas da reabertura serão revistas sempre que Portugal ultrapassar os “120 novos casos por dia por 100 mil habitantes a 14 dias” ou sempre que o Rt – o número médio de casos secundários que resultam de um caso infetado pelo vírus – ultrapasse o 1.

O boletim epidemiológico publicado hoje dá conta de 11 mortes relacionadas com a covid-19, menos 10 do que na quinta-feira, e 568 novos casos de infeção com o novo coronavírus, mais 83, nas últimas 24 horas. O boletim revela ainda que o número de doentes internados em enfermaria baixou para 789, menos 39 do que na quinta-feira. Nas unidades de cuidados intensivos (UCI) estão 182 doentes internados, menos cinco do que na quinta-feira.

Lisboa inicia testagem universal e gratuita

Em Lisboa, a Câmara Municipal inicia em 31 de março um plano de testagem em massa gratuito, destinado aos residentes das freguesias do concelho com mais de 120 casos de covid-19 por 100 mil habitantes, foi hoje anunciado.

Em conferência de imprensa, Fernando Medina adiantou que as dez freguesias inicialmente abrangidas pelo plano municipal de testagem são Ajuda, Alvalade, Arroios, Estrela, Marvila, Olivais, São Vicente, Santa Clara, Santa Maria Maior e Santo António.

Os residentes maiores de 16 anos poderão agendar telefonicamente um teste rápido antigénio numa das mais de 100 farmácias do concelho que aderiram ao plano de testagem.  Cada munícipe poderá fazer dois testes por mês, referiu o presidente da Câmara.

O quadro das freguesias abrangidas será atualizado quinzenalmente, de acordo com a evolução do número de infetados com o novo coronavírus, e vai estar disponível nos sites e redes sociais do município e da Associação Nacional de Farmácias.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here